EQUIPE

andreredondo

André Gevaerd

Nasceu em Santa Catarina em 1984. Formado em Comunicação Social com Habilitação em Cinema pela Fundação Armando Alvares Penteado em 2007. Trabalha profissionalmente na indústria cinematográfica há mais de 12 anos.

Iniciou sua carreira em filmes de longa-metragem trabalhando em diversas funções em filmes de Beto Brant, Sérgio Machado, Fátima Toledo, Walter Salles, Daniela Thomas, Sérgio Bianchi, Paolo Gregori, Marcel Isidoro, entre outros.

É sócio fundador da Kinoosfera Filmes onde trabalha como Diretor, Produtor e Montador de filmes de cinema, televisão e publicidade.

Participou do Producer’s Network em 2011, 2012 e 2013 e foi selecionado para o Berlinale Talent’s em 2012.

É fundador e diretor do Festival Internacional de Cinema em Balneário Camboriú, desde 2011.

Em sua carreira estão filmes que foram selecionados e premiados em diversos festivais nacionais e internacionais.
Produziu e montou o longa-metragem.

Entre seus últimos trabalhos realizados estão os longa-metragens “Trabalhar Cansa” de Juliana Rojas e Marco Dutra (Produtor Associado, Cannes 2011), “Cores” de Francisco Garcia (Produtor e Montador, San Sebastian e melhor montador na Costa Rica 2012), “O Que Se Move” de Caetano Gotardi (Produtor Associado, Gramado 2013), “Insubordinados” de Edu Felistoque (Coprodutor, São Paulo 2014), “Oração do Amor Selvagem” de Chico Faganello (Coprodutor e Montador, Carte Blanche do Festival de Locarno em 2014).

Em 2016 inicia o lançamento dos filmes “Valentina” (Diretor), “O Céu de Valentina” (Diretor), “Opala Azul Negão”  e a produção dos filmes “Blitz”, “Estamos Todos em Paz”, “Somos Nossas Montanhas”, “Garoto VHS”, “A Morte de Marga Mayer”, entre outros.

 chicoredondo

Francisco Garcia

Nascido em São Paulo em 1980, é formado em Cinema pela FAAP no ano de 2005. Sócio fundador da produtora Kinoosfera Filmes, atua como diretor, roteirista e produtor. Foi ganhador de prêmios nacionais e internacionais com seu primeiro curta-metragem em 35mm “Desequilíbrio” (2004), dirigindo no ano seguinte seu segundo curta-metragem em 35mm “Nanoilusão” (2006), roteirizado por Bráulio Mantovani (Cidade de Deus e Tropa de Elite).

Em 2008 dirigiu o curta-metragem em 35mm “A Cauda do Dinossauro”, baseado em obra original do cartunista Angeli. Em 2013, lança comercialmente nos cinemas brasileiros o filme “Cores”, seu primeiro longa-metragem como roteirista, diretor e produtor, selecionado e premiado em importantes festivais nacionais e internacionais. O filme foi lançado nos cinemas do Japão e França.Atualmente está em fase de finaização de dois longa-metragens: “Uma Pilha de Pratos na Cozinha” (Contemplado pelo Edital de Telefilme da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo) e “Borrasca”, ambos adaptações dos textos homônimos do dramaturgo Mário Bortolotto.

Desenvolve os projetos de filmes longos “Mara Tara, Pedaços de Carne”, adaptação da personagem de Angeli (contemplado pelo Edital de Desenvolvimento de Roteiros Cinematográficos de Longa-metragem do MinC 2008), “Phaneron” escrito pelo roteirista Bráulio Mantovani (Cidade de Deus e Tropa de Elite), e as séries para televisão”Em Busca do Coração do Brasil”, “Banco de Trás” (contemplada pelo Edital de Desenvolvimento da Secretaria Municipal de Cultura da Cidade de São Paulo) e “Lona Preta”.

 aleredondo

Alê Mroz Tastardi

Alexandre Mroz Tastardi, produtor. Apaixonado por arte e cinema, trabalhou para os principais festivais da Europa, como Cannes (Film Market), Veneza (Giornate degli Autori) e San Sebastian, bem como revistas especializadas “Le Film Français” e “Cannes Market News” em as áreas de produção, imprensa, comunicação e marketing.

Também trabalhou em várias produções e, especialmente, no longa-metragem “Should I Really Do it?” do controverso fotógrafo e diretor turco Ismail Necmi. O filme foi selecionado em mais de 20 festivais ao redor do mundo, incluindo Toronto Film Festival e foi premiado com o “Daniel Langlois Innovation Award” no Montreal Film Festival, “melhor novo diretor” e “melhor script” no Ankara Film Festival e “Melhor filme” escolhido pelo público no Rome Gender Film Festival.

Ele se juntou à Kinoosfera Filmes em São Paulo, onde ele produziu CORES um filme de Francisco Garcia que estreou no San Sebastian Film Festival e lançado no Brasil em 2013 e na França e no Japão em 2014. Atualmente está trabalhando em “The Other Side Of The Moon”, um filme por André Gevaerd (laureado do Talent Campus em 2011) e “Mara Tara” novo filme por Francisco Garcia.

Alexandre também trabalha no CineramaBC Film Festival sediado em Balneário Camboriú que está chegando à sua 6ª edição e teve uma mostra de filmes alemães mostrando novos diretores alemães como Frederik Jehn e Hanna Doose.

Outros trabalhos selecionados: “Passage” por Brenno Castro (lançado), “A crise de Olhos Azuis”, de Manga Jr. (em produção), “Are you reqdy to die for art?” de Ismail Necmi (em produção), “Mara Tara – Pedaços de Carne “, de Francisco Garcia (em pré-produção). Como Diretor: “Botafogo” (curta-metragem) e “Samedi de folie” (curta-metragem).

garyredondoGary Gananian

Nascido em Los Angeles, California em 1984, Gary Gananian, 31 anos, estudou Comunicação na Santa Monica College, Califórnia (2004). Concluiu o curso de Comunicação Social na ESPM, São Paulo (2010).

Atuou em agências de publicidade e produtoras de filmes onde adquiriu experiência na produção de filmes publicitários, relacionamento com clientes e gestão de projetos.

Em 2011 iniciou a produção de seu primeiro longa-metragem, ‘Rapsódia Armênia’ (2012), que foi selecionado para diversos festivais no brasil e no mundo e recebeu prêmio de melhor filme no Yerevan IFF e no Pomegranate IFF. Também recebeu o British Council Special Prize. No Brasil, participou da 36a Mostra Internacional de CInema de São Paulo em 2012 e ficou em cartaz no circuito comercial em diversas cidades do país.

Afim de se atualizar e melhorar constantemente seus conhecimentos, participa de cursos, workshops e seminários sobre produção audiovisual e a arte cinematográfica como curso de edição e de Direção de Fotografia com o renomado fotógrafo Alziro Barbosa.

Anualmente participa de festivais de cinema e mercados de filmes onde faz networking com produtores de cinema internacionais, estabelecendo parcerias de coprodução e distribuição ao redor do mundo.

Atualmente lidera a Kinoosfera Filmes nos trabalhos publicitários e institucionais e desenvolve seu novo longa metragem “We Are Our Mountains” e a série documental para televisão “Zonas de Conflito”.

Anúncios